Desbravadores de Certificações

certificação-microsoft


Eles toparam o desafio e se tornaram os desbravadores da Certificação Microsoft na OptCode. E findada a primeira etapa, celebram as conquistas de uma trajetória que está apenas começando…

A palavra “Desenvolver” em uma empresa de desenvolvimento é naturalmente associada de forma imediata à códigos, fórmulas e uma série de atributos técnicos focados em criar novas soluções, sistemas e tecnologias. Mas será que é só isso mesmo?

Construir uma equipe altamente eficiente e preparada para desbravar o universo dos códigos na busca por soluções fora da caixa exige mais do que apenas bons talentos que saibam “desenvolver”. Por isso, no nosso time a palavra “Desenvolver” ganha um sentido muito maior do que a prática de criar soluções inovadoras. Aqui o desenvolvimento do nosso time é levado a sério!

Acreditamos em desenvolver oportunidades de aprendizado e crescimento constante para jovens talentos em busca de oportunidades para se destacar e utilizar a tecnologia como meio para alavancar performances e maximizar resultados. Só assim é possível construirmos juntos uma empresa que “desenvolve” soluções, “desenvolve” sua equipe e se “desenvolve” em um mercado acelerado sempre em busca de mais inovação.

E é nessa pegada que a empresa tem como parte de suas iniciativas o apoio à formação profissional e certificações relacionadas à área para sua equipe. Como parte desse processo, a OptCode lançou no final de 2019 a campanha de Certificações Microsoft, visando apoiar os optcoders interessados no processo de certificação da plataforma, que não apenas contribui para o dia a dia de trabalho de cada talento, mas também para sua formação de carreira.

O start: quebrando barreiras

Começar algo novo nunca é fácil. Quando isso envolve qualquer tipo de teste ou comprovação então, é ainda menos simples. Agora some à essa equação a pressão de ser o primeiro a tentar essa jornada dentro de um grupo e pronto, você tem aí um desafio dos grandes com uma grande soma de expectativas, pressões e anseios.

E foi mais ou menos dentro de um cenário como este que três optcoders decidiram se tornar pioneiros para as certificações Microsoft na empresa. O nome deles: Gleison, Matheus e Thiago.

Essa história, aliás, foi motivos de medos e anseios, como relembra o desenvolvedor Matheus. “No primeiro momento eu tive vontade de participar da certificação, mas como ainda não possuía nem um ano de casa, não me senti confiante e acabei desistindo. Mas depois fiquei sabendo que os Srs. Gerson e Thiago iriam participar e não quis ficar de fora”.

Mas se você está pensando que para o Gleison e Thiago a decisão foi simples, está enganado. De acordo com o Gleison, o Jair foi o responsável por dar aquele incentivo a mais… “Quando o Jair nos falou sobre a certificação, ficamos bem receosos sobre fazer ou não, porém quando estava chegando o tempo nós aceitamos o desafio mesmo sabendo que nós não tínhamos conhecimento o suficiente”.

Pronto! Primeira etapa superada, já tínhamos três inscritos para a comissão e frente que seria responsável por desbravar o novo. E junto com o novo vieram vários outros medos e anseios, conforme relembra o Matheus. “Eu procurei estudar em torno de uma hora após o expediente nos dias em que era possível, e também estudava em casa quando dava. Quando foi para marcar a data e o horário, poucos dias antes do exame, fiquei bastante inseguro quanto a se conseguiria passar, visto que não estava indo tão bem nos simulados que eu fazia.

Já inscritos, os optcoders precisarão enfrentar três fases ao longo de três meses para saíram com três certificados em mãos:

  • Exam 70-480: Programming in HTML5 with JavaScript and CSS3
  • Exam 70-483: Programming in C#
  • Exam 70-486: Developing ASP.NET MVC Web Applications

E como lembrar de tanto conteúdo na hora H? Como garantir que eles não seriam traídos pela mente e por uma rotina repleta de atribuições e outras pressões? Era isso que preocupava o Gleison. “Eu estava preocupado sobre como ia estudar para esta prova, não tinha costume de estudar uma hora por dia em um tempo tão longo. E quando comecei a estudar eu pensei ‘Será mesmo que eu vou lembrar disso daqui 1 mês?’, então fui estudando e aprendendo coisas novas e, no meu planejamento, quando chegasse na última semana eu iria estudar mais do que o normal.”

Fase 01: o primeiro teste

Contudo, com todo planejamento vem um pacote de outras atribuições, uma delas chamada “imprevisto”…. E essa tensa e indesejada atribuição teve um peso forte para o optcoder em um momento tão importante. “Com o acúmulo do projeto Ezam e outros motivos particulares acabei estudando menos do que as outras semanas. Então no meu planejamento da noite anterior ao teste eu iria estudar bastante, porém tinha apresentação do Ezam no mesmo dia do teste e para corrigir os Bugs tive que trabalhar até as 22:00 com a Rafa. Cheguei em casa e não dormi direito, então cheguei com sono e pronto para reagendar a prova. Porém a prova só poderia ser reagendada com 24 horas de antecedência, e quando eu li isso levantei e fui com sono mesmo na sala de reunião fazer a prova”. Ou seja…. Mais tensão no ar!

Comecei a fazer a prova e encontrei perguntas que eu tinha estudado lá no começo do mês e pensei ‘Realmente estou lembrando do que estudei lá atrás’ haha, teve bastante perguntas sobre jquery, coisa que não uso no dia a dia, porém com uma lida no W3school deu para entender tudo”, relembra aliviado.

Na sequência foi a vez do Thiago encarar o desafio de frente, e foi quaaaaase… “Apesar de ter estudado bastante para fazer a prova não foi dessa vez, para a realização da prova criamos uma rotina de estudos diário de pelo menos 1h dia, seguindo tópicos do livro “exam ref -70-480”, o mesmo recomendado pela Microsoft, Também utilizando o Youtube como meio de estudo para  auxiliar nos estudos, utilizando principalmente o canal  do MVP Ray Carneiro (pega a dica exclusiva, galera!) que fez vídeos resumindo e explicando os temas do livro.. Mas ao realizar a prova, tive maior dificuldade na parte de JavaScript, que é o tema que tenho menos contato no dia a dia, mesmo estudando esse tema para tentar suprir a necessidade de conhecimento para realização da prova a falta de experiência pratica fez falta.”

Apesar de não ter sido na primeira, a participação do Thiago é ainda mais corajosa do ponto de vista que ele traz informações relevantes para os demais que ainda irão se aventurar nesta jornada. Suas contribuições não só serão importantes para as próximas etapas, mas também para que o time possa se preparar ainda mais e ter informações estratégicas do que o Thiago vivenciou quando chegar a vez de cada um.

E aí chegou, então, a vez do Matheus. “Fui o último a realizar o exame. Foi bom no sentido que pude tirar dúvidas com quem já tinha realizado. Mas ao mesmo tempo fica aquela pressão de ser o único que falta e sentir que a obrigação de passar é maior. Fiquei tenso do começo ao final do exame. Mas deu tudo certo! Agradeço à OptCode pela oportunidade que me deram. Agradeço ao Sr. Jair pelo incentivo inicial, o acompanhamento no dia, entre outras. E pelos mimos recebidos após a aprovação!”.

Mimos mais do que merecidos, não é mesmo, gente?! Afinal, QUE DESAFIO! Mas pensa que eles pararam por aí? Não pararam não!!! Agora vem as próximas etapas da certificação e o grupo está preparado!

Para o Gleison, agora o foco é a certificação de c# e também estudar novos frameworks de javascript. “Tenho muita vontade em conhecer os maiores frameworks do mercado, na verdade tudo que é novidade eu quero”.

Mas o Matheus relembra que há um valor inestimável nesta aventura toda. “Logo mais teremos outros desafios que nos ajudarão a subir mais degraus em nossa carreira. E espero continuar tendo bons resultados, mas o mais importante foi o conhecimento e como usamos ele no dia a dia. Espero com esse conhecimento conseguir aplicar em projetos futuros e também disseminar entre meus colegas.”

Em breve eles passarão pelas próximas duas etapas da certificação e você acompanha tudo aqui no nosso blog, fique de olho!

Indo além

Como nem só de Microsoft vive o mundo da tecnologia, o Thiago também veio pra mostrar que não é porque uma certificação ficou no quaaaase que isso invalida tudo.

Além de todo aprendizado e de ter enfrentado mata aberta com a cara e a coragem no meio da floresta, ele ainda transformou o Carnaval em uma folia de aprendizado e colecionou mais de 30 horas de treinamento em outros temas relevantes para seu desenvolvimento como profissional e sua carreira.

Esses cursos que foram feitos são parte de algo que comecei a alguns anos, onde tenho como meta estar sempre estudando um pouquinho todos os dias, não sendo obrigatoriamente algo relacionado a tecnologia. O objetivo é sempre estar aprendendo algo independente do tema, na maior parte das vezes estou vendo algo relacionado a T.I e Musculação pois são os conteúdos que mais gosto, então os certificados foram apenas uma consequência.” Muito bom, Thiago! A OptCode acredita que é essa evolução que torna um profissional e uma pessoa acima da média e certamente trará contribuições memoráveis por onde quer que você passe. Estamos muito felizes em ser parte desse caminho ao seu lado. Parabéns e bora conquistar o mundo!