5 dicas práticas para manter um bom relacionamento com desenvolvedores alocados

  • por

Vai contratar um desenvolvedor alocado? Então, não deixe de conferir 5 dicas úteis para tornar o relacionamento mais saudável no dia a dia.

A terceirização de desenvolvedores de sistemas não precisa ser uma imensa dor de cabeça para a sua empresa. Os devs alocados são recursos úteis no dia a dia, desde que sejam bem integrados com a rotina empresarial.

E apesar desses profissionais não fazerem parte do quadro de funcionários da empresa, eles precisam ser tratados como tal. Afinal, vão compartilhar os mesmos objetivos do negócio, com a mesma intensidade que os outros colaboradores.

Portanto, se você não quer errar no relacionamento com os devs alocados, não deixe de conferir 5 dicas práticas para manter um bom relacionamento com eles. São dicas fundamentais para potencializar essa relação que vai trazer resultados importantes para o negócio.

Continue lendo e coloque em prática as nossas 5 dicas!

1. Introduza a cultura da empresa

O primeiro passo após a contratação do desenvolvedor alocado é introduzir a cultura da empresa e deixar bem claro como a rotina funciona. Aqui, o objetivo é deixar o profissional consciente e confortável para o trabalho — da mesma forma que seria feito com um colaborador.

Por exemplo, se a sua empresa oferecer um ambiente mais informal, deixe isso bem claro logo no primeiro dia de trabalho. Se o acesso aos líderes é algo possível, estimule o colaborador alocado sobre a situação.

Enfim, essas e outras nuances da rotina precisam ser esclarecidas para evitar mal entendidos e até uma queda no rendimento por eventuais situações problemáticas. Apesar de não ser parte integrante do quadro de funcionários, é importante manter a política de boa vizinhança.

2. Mantenha a boa comunicação

Pegando carona direta no tópico anterior, temos a segunda dica para manter um bom relacionamento com devs alocados: manter uma boa comunicação com cada um deles.

Novamente, essa dica é importante para qualquer colaborador, mas é essencial para um profissional terceirizado que ficará temporariamente na empresa. Como é necessário se adaptar rapidamente, esse profissional precisa ser informado sobre tudo que melhorar sua rotina de trabalho.

Portanto, não deixe de comunicar o que for preciso para facilitar a vida desse dev. Apesar da relação temporária, é preciso fomentar a comunicação entre todas as partes interessadas.

3. Proporcione uma boa integração

Outro ponto crucial para não complicar um relacionamento entre empresa e profissional alocado é a integração constante. Aqui, estamos falando de atitudes que façam o dev se sentir parte da empresa — mesmo que, oficialmente, ele não seja contratado.

Então, esse profissional precisa participar de reuniões estratégicas, tomada de decisão e, principalmente, dos momentos agradáveis, como um happy hour com a equipe e outras comemorações que vierem a acontecer.

Além de facilitar o trabalho dele, essa integração também vai despertar um senso maior de comprometimento e motivação para que as tarefas sejam realizadas com excelência.

4. Incentive a troca de ideias

Mais uma dica para integração que funciona muito bem com profissionais desenvolvedores alocados. Incentivar a troca de ideias faz com que o dev se torne muito mais confortável em estar na empresa, o que vai ajudar nesse relacionamento temporário, seja de curto ou longo prazo.

Além disso, pontos de vista distintos também ajudam a estimular a criatividade do grupo e podem trazer benefícios imensos. Uma visão “fresca” de um determinado problema pode trazer soluções nunca pensadas, o que só pode ser atingido se a troca de ideias entre profissionais for estimulada.

Por último, além de funcionar como uma forma de entrosar a equipe, os profissionais que são acolhidos e têm suas ideias, pelo menos, ouvidas, também conseguem trabalhar melhor e se dedicar às tarefas que foram contratados para fazer. Então, não limite ninguém nesse sentido.

5. Mantenha os objetivos alinhados

Por último, para finalizar esse conteúdo sobre dicas de bom relacionamento com desenvolvedores alocados, é importante usar um recurso para atingir esse objetivo: comunicar e manter as metas empresariais alinhadas com os terceiros.

Isso é importante para lembrar o motivo do terceiro ter sido contratado. Com um objetivo bem claro para alcançar, é possível guiar o profissional até o sucesso, sem que ele se perca nas suas tarefas diárias.

Da mesma forma, qualquer problema de desempenho pode ser facilmente corrigido, visto que as partes sabem qual foi o motivo da contratação e onde a empresa precisa chegar ao utilizar um dev alocado.

Leia também: Como a alocação de especialistas de TI ajuda no crescimento empresarial? Descubra!

Os devs alocados não precisam ser um problema para a sua empresa

É fato que muitas empresas ainda recorrem aos devs terceirizados para trabalhos de curta ou longa duração. Com escassez de bons profissionais, é inegável que um desenvolvedor alocado contribui para a rotina de trabalho de qualquer empresa.

Por isso, é importante utilizar bem esse recurso no dia a dia. E, como vimos anteriormente, o bom relacionamento é a base para os objetivos serem alcançados.

Portanto, agora que você já sabe como lidar com os profissionais terceirizados, é hora de contratar e alocar esses desenvolvedores na sua companhia. E, para isso, a OptCode pode ajudar!

Com mão de obra qualificada e preparada para desenvolver os melhores sistemas na sua empresa, fornecemos profissionais de alta performance para botar a mão na massa e ajudar seus projetos a evoluírem com mais qualidade e velocidade.

Para isso, basta entrar em contato e trazer o seu desafio para nós. Será um prazer imenso ajudá-lo nesse sentido.

Gostou do conteúdo? Aproveite para ler: 8 erros na gestão de TI que você precisa evitar para não comprometer os resultados