O papel da tecnologia na eficiência corporativa

Tecnologia e eficiência corporativa

A tecnologia é fundamental para qualquer empresa que busca conquistar a máxima eficiência corporativa nos negócios. Quer entender como? Então venha ler este artigo!

Há anos a tecnologia é essencial para a eficiência corporativa. Porém, no cenário atual que vivemos no mundo, a tecnologia não serve apenas como base para empresas eficientes: ela pode ser o diferencial entre o sucesso e fracasso em um mercado tão competitivo.

Softwares personalizados, data science, sistemas em nuvem e muitos outros fatores têm papel fundamental nessa transformação digital que passamos nos últimos anos. E todos eles, diretamente, ajudam na eficiência corporativa das organizações.

Quer saber os principais benefícios — e motivos — para sua empresa apostar na tecnologia para atingir a máxima eficiência corporativa? Então, continue lendo o conteúdo especial que preparamos sobre o assunto. Boa leitura!

Adequação e otimização de processos

A tecnologia atual permite uma eficiência corporativa sem igual. Com softwares e hardwares acessíveis para a maioria das organizações, é possível adequar processos para otimizá-los e, assim, deixar a concorrência para trás.

Os sistemas customizados são um exemplo de como a tecnologia, mesmo nos dias atuais, pode surpreender. Esses sistemas modulares são criados para uma empresa de forma única, o que impede que um concorrente copie a eficiência atingida.

Desse modo, além do capital humano — que não pode ser copiado —, o software personalizado se tornou um grande diferencial por potencializar que os colaboradores deem o máximo de si pelos objetivos e resultados da organização.

Leia também: Software customizado pode ser uma boa opção?

Produtividade e integração dos departamentos

Outro grande benefício da tecnologia na eficiência corporativa é o aumento da produtividade e integração dos departamentos. Se há alguns anos os departamentos tinham dificuldade em trabalhar em conjunto, atualmente é possível alinhar as equipes sem muitos problemas.

Essa visão integrada e homogênea permite que gestores entendam os impactos entre setores. Assim, suas decisões começam a ficar mais estratégicas e assertivas, visto que a intervenção em uma área pode gerar resultados positivos ou negativos em outra.

Por exemplo: ao investir no departamento de marketing, o gestor pode potencializar a equipe de vendas, que, por sinal, vai influenciar no atendimento e sucesso do cliente. Apesar de antigamente também funcionar assim, hoje em dia essa visão é mais clara aos envolvidos.

Relacionamento e retenção de clientes

E se falamos de atendimento e sucesso do cliente no tópico anterior, a tecnologia também é crucial para a eficiência corporativa nesse aspecto. Hoje em dia, por meio de softwares, é possível estreitar laços com os clientes e aumentar a retenção dos mesmos.

É claro que apenas o relacionamento não é suficiente para segurar um cliente. Seu produto ou serviço ainda precisará atendê-lo de forma plena nesse sentido, mas, ainda assim, vale a pena usar a tecnologia para criar uma conexão que vai além do negócio entre as partes.

E a boa notícia é que o feedback dado por aqueles que pagam pelo seu trabalho pode ser revertido em melhorias de negócio. Ou seja, o bom relacionamento potencializa a eficiência corporativa muito além de manter o cliente satisfeito: ele ajuda a melhorar o produto ou serviço e, assim, permite conquistar novos clientes.

Segurança da informação

A tecnologia também afetou a área de segurança da informação das empresas, onde temos soluções eficientes e práticas nesse sentido. Autenticação em dois fatores, biometria e reconhecimento facial, por exemplo, permitiram que serviços mais complexos fossem criados e oferecidos aos usuários.

É o caso das transações financeiras que, graças ao nível de segurança atual, podem ser realizadas de qualquer dispositivo conectado à internet. Hoje, é possível abrir mão de uma carteira cheia de cartões e dinheiro para confiar apenas no smartphone como forma de pagamento.

Apesar de existirem restrições em alguns locais quanto ao formato do pagamento, ainda estamos em um estágio muito melhor do que anos atrás, quando a ideia de transações virtuais geravam receio nas partes envolvidas.

Agilidade, flexibilidade e disponibilidade

Um dos papéis da tecnologia também é proporcionar mais agilidade, flexibilidade e disponibilidade na eficiência corporativa. A boa notícia é que essas conquistas já foram alcançadas com a maturidade dos sistemas e hardwares que temos hoje.

Os sistemas em nuvem são um exemplo disso. Por dispensarem uma conexão local do usuário com os servidores, esses softwares permitem acessos de qualquer local do planeta e, por isso, deram uma nova dinâmica para os negócios.

Se considerarmos que esses sistemas podem se conectar com sensores físicos, aí o potencial se torna ainda mais amplo. Para alguns setores, como os negócios de agricultura, por exemplo, as soluções de hardware permitem a integração com softwares que, por sua vez, ajudam os gestores a tomarem decisões em tempo real para salvar a lavoura.

Assim, essa integração entre software, hardware e pessoas cria uma eficiência corporativa sem igual, onde a agilidade, flexibilidade e disponibilidade estão presentes e afetam diretamente os resultados da companhia.

Coleta e interpretação dos dados

Mais uma ferramenta altamente tecnológica que transformou o mercado nos últimos anos é a coleta e interpretação dos dados, como vemos nas aplicações de Data Science em empresas de vários tamanhos e segmentos.

Com base em dados reais, essas empresas podem modificar rapidamente a estratégia do negócio ou, em outro movimento, repensar o planejamento de longo prazo. O fato é que a ciência de dados ganhou um papel de protagonismo recentemente e tem feito a diferença na eficiência corporativa.

E se considerarmos que a tecnologia vai evoluir ainda mais no futuro, gerando mais dados e fontes de trabalho para as áreas de Data Science, podemos dizer que esse recurso tecnológico será ainda mais necessário daqui pra frente.

Comunicação

Por último, temos o avanço da comunicação, que é igualmente importante para a eficiência corporativa nos dias atuais. Da mesma forma que os sistemas em nuvem permitem a análise de dados e criação de estratégias em qualquer local do mundo, a comunicação também se beneficiou desse avanço da tecnologia.

Então, temos um cenário onde os colaboradores e gestores ganharam mais velocidade para trocar informações o que, dependendo do segmento de atuação, é fundamental para muitas empresas globais ou regionais.

Assim, a comunicação permite um alinhamento maior do ecossistema empresarial, o que só está sendo possível pela maturidade que a tecnologia atingiu nos últimos anos. E é por esse e outros motivos que a tecnologia é cada vez mais essencial na eficiência corporativa de qualquer empresa, seja de pequeno, médio ou grande porte.